quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Tomando banho de chuva

Nada melhor do que chegar na faculdade na hora certa, de três semana desde o início do curso esta era a primeira vez que eu iria chegar antes de tocar o sinal que iniciam as aulas naquela tradicional faculdade que, fica no fim do mundo com as botas do judas guardadas em um armário qualquer, onde o porteiro que tinha a chave já se aponsentou.
Caminhando com meus pensamentos e rente a pista, saio conversando com meu botões, lembro que tenho que pagar um sermão a dois escoteiros que fizeram estripulias e devem pedir desculpas aos irmãos mais novos, os lobinhos.
"- Eu quero que voces peçam desculpas agora mesmo aos lobinhos por terem comido o lanche deles sem ter pedido licença, isso não se faz." Treinando para o dia da bronca que será no sábado porém, antes mesmo que eu pudesse terminar meu ensaio...
- TCHUAAAAA.......(efeito sonoro da água quando o onibus passa por uma poça)
Vejo o entardecer se escurecendo de uma vez, fui atacado por um tsuname, uma onda de pura água turva com dois metros cobriu-me e SPLASHHHHHH.
Lá estava eu todo molhado em plena avenida engarrafada a caminho da tradicional faculdade, os passageiros do onibus esqueceram seu sofrimento de irem enlatados e gozaram de uma boa gargalhada do estado em que eu fiquei. Logo a frente em minha direção, caminha um ser mal vestido porém bem sequinho que, ao passar por mim, me consola:
- Ae irmão, esses motora de baú são mó sacana.
- Que isso, eu que dei mole caminhar rente a pista.
- Tu tem uma moedinha pra mim bater um rango alí?
- Foi mal velho, vou te dever essa.
Fim de papo, nada de moeda, nada de consolo. O que fazer nessas horas?
TCHARAMMMMM

Lembrei da melhor namorada do mundo, acionei o aparelho que conecta  pesssoas e:
- Alô?
- Oi amor?
- Oi, estranho voce me ligar essa hora, aconteceu alguma coisa?
- Não, liguei só para lhe contar uma história engraçada que eu acabo de presenciar.
- O que foi?
- Um cara tava passando perto da pista e o ônibus jogou uma poça de água todinha nele, ele ficou todo molhado kkkkkkkk.
- Nossa amor, tadinho, voce me liga pra contar uma coisa dessas, tadinho do cara.
- Traz uma blusa seca pra mim aqui na parada que tem a passarela.
- O que? foi voce? kkkkkkkkkkkkkkkkk.
- Voce vem? vou esperar aqui.
- To indo,(silencio mortal) kkkkkkkkkkk.

Santo de casa pode até fazer um milagrinho mas adora tirar um sarro antes. Ela chegou e ao me ver ainda indagou se tinha ocorrido mesmo pois, eu estava tão sequinho, podia já estar seco porém eu estav uma fedentina só.
Entrei no banheiro da faculdade e fui para os que ficam reservados aos cadeirantes, lá tem uma pia própria porém não tem sabonete nem como secar as mãos, e ainda falam de igualdade né?
lavei os braços e a cabeça e fui pra aula.
resultado: Cheguei cinco minutos atrasados, com cabelo molhado e o ar condicionado encima da minha cabeça, não aguentei, tive que dormir.


Essa é minha visão de supernamorada, preciso fazer um curso de photoshop né?

Fuiz...
Bju me gengibra

terça-feira, 22 de setembro de 2009

INTELECTO COLETIVO

Enquanto as pessoas migram suas vidas para internet , eu tenho migrado a minha para o ônibus. De acordo com o meu IBGE eu fico mais tempo na internet durante o dia porém, aquela "1 hora e meia" básica de ônibus me leva a diálogos mais interessantes que não tenho ao longo do dia em nenhuma sala de bate papo do BOL.
Hoje peguei o baú (ônibus) as 22h e fiquei secando a fila na rodoviária pra ver quem eu poderia flertar um papo durante o trajeto da viagem, em menos de segundo a minha frente:
- Tu ainda tem banda?
Um cara descolado com roupa de Rapper e jeito de Nx Zero, forçou um papo lembrando a saudosa época da minha amada rockband CASA7, pois é:
- Não, minha época acabou. Respondi triste mas em bom tom.
O lance é que eu não queria falar disso, mas sim de outro assunto.
Aos curtos passos chegam duas amigas com sacolas e uma casquinha na mão, cortando o companheiro do papo chato e voltando-se para as minhas novas companheiras de fila:
- Olá meninas, como estão?
- Cansadas, viemos do shopping.
- Sei como é, trabalhar em shopping é uma dureza mesmo né?
- Não estávamos trabalhando, mas sim fazendo compras.
Danou -se, com intuito de me livrar do cara chato acabo que perdi a chance de ter feito uma nova roda de conversa, fazer oque, isso é a vida.
Determinado a ler meu livro (A cabana) no ônibus, esqueci quem poderia ser meu parceiro de papo, antes tarde do que nunca, aparece um amigo que me descarta:
- Vou sentar lá no fundo pra tirar uma pestana.
Já era, vou ter que ler o livro mesmo.
25 minutos depois....
- Aff, to com minhas pernas doendo. Uma moça senta-se ao meu lado, já forçando assunto.
- Oi Maroca!
- Oi
- Hum... esse livro é muito bom.
- É sim, to gostando.
Isso foi um aviso!, uma conversa finalmente.
- Voce faz comunicação não é mesmo?. Perguntei
- Faço sim.
Pronto, foi dada a largada, daqui até o Valparaiso fomos conversando sobre o futuro do jornalismo, e blá, blá, blá....
Até que enfim, eu consegui conversar.
Descobri que ser funcionário público é sonho para algumas pessoas.

Fui
Bju me Twitta
www.twitter.com/thiagomaroca

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

#Filme nacional - Amarelo Manga e Baixio das Bestas

Os filmes são bem polêmicos, eu assisti eles essa semana e garanto a voce, não há como não criar uma opinião perante o filme, ambos são filmes de Cláudio Assis, um diretor que não passa despercebido por quem assiste suas obras.
Prefiro evitar dar resenhas dessas duas obras primas mas, advirto que : ISSO NÃO É FILMINHO PRA ASSISTIR COM CRIANÇA NA SALA.





Sexta-feira é isso aí, o dia custa a passar, os assuntos a se blogar dão uma esfriada e por aí vamos descendo lentamente as escadas da repartição pública.
Aproveite o fim de semana.
Bju me cli...... ka

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Direitos Autorais


(Essas galinhas cederam gentilmente suas imagens para este post, toda grana arrecada será destinada a libertação dos frangos albinos)

Sei que muita gente não sabe onde seu direito começa e o limite de uma produção termina, todos nós ouvimos falar do tal "direitos autorais" em todos os lugares.
Uma vez filmei na rodoviária e o mendigo pediu-me uma moeda pela concessão de sua imagem, ele estava no seu direito mas, mesmo assim eu não dei nada a ele, nem um sorriso.
Voltando ao título do post né, feito quem não disse nada demais.... achei a lei dos direitos autorais e resolvi divulgá-la, para quem quiser saber como reivindicar seus diretos etc e tal, aqui está ela:

http://www.inpi.gov.br/menu-esquerdo/desenho/pasta_legislacao-new-version/lei_9610_1998_html

por hoje é isso, gostaram do novo layout? preciso pagar um web designer.....

bju me clika

domingo, 13 de setembro de 2009

Criatividade na web

Somos bombardeados todos os dias com os mais variados tipos de criaçoes da web, recebi esse twitter e estou divulgando, achei genial a montei das imagens. Aprecie

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Oi e aí ?

Pois é, semana me deixou meio lerdo, mas a vida precisa continuar e nada mais do que um curso de produção audiovisual em Taguatinga pra melhorar os ares, que já lhe adianto não ser dos melhores pois o metrô vai bem cheio, e a caminhada da estação até a porat da faculdade é de 22 minutos. quanta canseira. mas eu to legal e a prova da UnB que me espere esse final de semana.

Vou terminar de estudar os textos da prova

Bju me clika

domingo, 6 de setembro de 2009

Desabafo.

Pensando demais no mundo e também no universo que gira entorno do coração do nordeste deste país acabei esquecendo de coisas fundamentais para minha sobrevivência, tais como : a familia, os amigos e a minha propria vida.
Pela primeira vez eu estou transtornado com oque aconteceu ontem no fim da tarde, meu primo que cresceu comigo subindo nos pés de mangas, brigando por tuda e qualquer coisa, andando de bike pelas fazendas do cerrado, Veio a falecer depois de acidente de carro.
Eu dormi muito mal com tudo isso e estou vendo nossas fotos aqui no sofá, chorando nossa amizade, nossa fraternidade. PORRA!, isso não aconteceu.
A vida é muito frágil e nós pensamos que nunca seremos atingidos diretamente, isso é uma mentira, nós é que nos fazemos de durões prestes a desabar a qualquer momento.
Eu não estou sendo nada durão e não paro de pensar em voce meu irmão, Fabrício.
Essa música do Gabriel Pensador diz tudo que nó sentimos agora.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Que loucura - Camera de vídeo 360

!--The yellowBird player is not scalable. Do not change the height and width values -->


Tambem não acreditei quando eu vi, muito bacana. A câmera utiliza seis lentes ajustadas de modo a captar cada direção de visualização possível, Use o mouse pra ver as varias possibilidades.

bju me clika