terça-feira, 29 de março de 2011

Comendo Buenos Aires - Capítulo 3

 Dando continuidade as aventuras no país dos hermanos, o que não poderia deixar de ser falado é a comida que se come na Argentina, especificamente em Buenos Aires. 
Já digo de antemão que a terra do Maradona tem o nome de Boi - nos - Ares por que os portenhos são carnívoros. O mundo gira entorno de um bife coberto com dulce de leche, eu falo sério.
A cidade nos apresentou muitas opções alimentares, a nossa preferida foi a pizza Ugi's, que só tem o sabor de mussarela e custa uma média de sete reais e cinquenta centavos, uma delícia, no preço e no sabor. Coma quente!
 A pizza é amarrada no barbante mesmo!

 Enquanto seu bolso ainda estiver com alguns pesos vá comer uma bela parrillada, a vantagem em Buenos Aires é que quase todos os lugares servem bebida inclusa, e acredite, é melhor pedir refrigerante porque carne e vinho, ou carne e cerveja, não fizeram muito bem a mim e a Carol.
 Um lugar super comentado entre os brasileiros é o famoso restaurante Siga la vaca, onde você come a vontade sendo que um pedaço de carne já acaba com sua fome, mas vale a pena do mesmo jeito.
 Pesquisador e economista de natureza, saí com a Carol a procura de comida com preços mais populares, tudo era muito turístico e padrão, parrilla no quarto dia já não dava mais, acabamos encontrando uma rua de nome Suipacha, muito famosa pelas trabalhadoras noturnas, mas que durante o dia tem restaurantes para todos paladares e preços.


E por fim, nada do que o melhor da cidade, o pancho, uma espécie de cachorro quente porém sem aquele recheio todo, apenas salsicha e pão. Com um detalhe: a salsicha de 12 cm, no mínimo. Para acompanhar uns molhos especiais que dão uma melhorada na parada.


Bom, vou ficando por aqui porque meu sexto sentido de gordinho está mandando eu levantar e raspar o pote de doce de leite que eu trouxe de lá, tenha uma otima semana.
Bju me clicka

Nenhum comentário:

Postar um comentário